Jonas 4.5 A incoerência das nossas ações

Jonas 4.5

5 Jonas saiu e sentou-se num lugar a leste da cidade. Ali, construiu para si um abrigo, sentou-se à sua sombra e esperou para ver o que aconteceria com a cidade.

                Paulo é um dos personagens bíblicos mais corajosos e empolgantes para mim. Uma das suas frases que mais me chama a atenção é quando ele afirma em 1Co 11.1, dizendo: “Sede meus imitadores como eu sou de Cristo”. Quantos de nós teríamos coragem de dizer isso? Paulo, pelo menos nos seus escritos, mostra uma coerência indiscutível entre o que crê e o que faz. Mas esta coerência nós não encontramos em Jonas. E, infelizmente, parece que nós somos imitadores muito mais de Jonas do que Paulo.

                Jonas se mostra em seu livro como um homem de contrastes. O homem de Deus, o servo do altíssimo, o profeta, sim, este homem é incoerente nas suas ações. No barco, todos oravam, mas Jonas dormia. Parece muita gente nos cultos de quarta-feira, enquanto alguns oram, outros veem novela em casa. Dentro do peixe, Jonas louva a Deus por ter sua vida preservada da morte. No capítulo 4, ele está tão irado com Deus que pede a morte. Jonas vai a Nínive e consegue a conversão de toda a cidade, mas agora ele está assentado para ver o que vai acontecer.

                Sabe Jonas é um pecador teimoso, insistente com seu erro, e acha que ainda está correto. Esse é o pecador mais difícil de ser reparado por Deus. Porque é resistente à mudança. Ele não abre seu coração para que Deus faça uma transformação completa em sua vida. O que o verso 5 está nos afirmando é que Jonas está cego em seus propósitos e desejos pessoais. Ele está zangado por que Deus mudou seus planos, movido pela graça e não destruiu a Nínive. Ele está sentado para ver o que acontece, porque já deixou claro o que pensa e acredita que Deus vai mudar de ideia e vai destruir Nínive para atender aos seus desejos.

                Uma coisa fica clara aqui. Jonas é um homem que não quer mudar seus pensamentos e atitudes, mas quer que Deus mude os dele. Jonas está sempre certo, os outros é que estão errados e, neste caso, até Deus está errado para Jonas.

                Queridos, esta mesma incoerência está em nós. Como foi dito anteriormente, somos muito mais como Jonas do que como Paulo, infelizmente. Mas diante de nós estão as Escrituras, para nos mostrar que agir na mesma incoerência de Jonas não é algo que Deus aprove. Deus é Deus. Ele é perfeito em suas decisões. Tiago 1.17 afirma que Deus não muda, que nele não há sequer sombra de variação. Ele continua sendo o Deus gracioso que pune o pecador pelo seu pecado, mas que está pronto a perdoar caso este se arrependa. Mas nós preferimos ser imitador de Jonas do que imitadores de Deus.

                Quais são as incoerências da sua vida? Deseja que Deus perdoe seus pecados mas não perdoa o que os outros fizeram com você? Deseja que Deus providencia ajuda para você, mas não ajuda quando um irmão precisa da sua ajuda? Louva a Deus pela salvação que recebeu em Cristo, mas não move uma palha para que outros conheçam desta mesma salvação? Fica feliz quando Deus, graciosamente, te abençoa, mas não fica feliz quando vê outros sendo abençoado?

                Queridos, tal como Jonas, precisamos de arrependimento. Não é Deus quem precisa mudar. Somos nós. Sim, você e eu. Em toda e qualquer área da vida em que identificarmos que temos sido incoerentes, principalmente se esta incoerência é no que diz respeito à vontade de Deus.

                Somos servos de Deus. Devemos obedecê-lo. Amar aos outros, alegrar-se com e por eles, orar pelos outros, servir aos outros. São todos mandamentos bíblicos para mim e para você. Não fique sentado, como Jonas, esperando para ver o que vai acontecer. Arrependa-se e disponibilize sua vida para abençoar outros.

DESAFIO DE HOJE: Ore a Deus, adore-o pelo que ele é. Abra seu coração ao Senhor. Exponha sua vida a ele. Seja grato pelas bênçãos que ele lhe tem dado. Mas se neste momento de oração, Deus lhe mostrar que há alguma incoerência na sua vida, então não se justifique, não espere que Deus mude. Apenas arrependa-se e comprometa-se a mudar pensamentos e atitudes. Peça a Deus que lhe dê um coração igual ao dele.

                Deus nos dê um dia feliz. Amém.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *