Jonas 3.10 Perdão à sua disposição.

Jonas 3.10

10 Viu Deus o que fizeram, como se converteram do seu mau caminho, e Deus se arrependeu do mal que tinha dito lhes faria, e não o fez.

                Numa das canções utilizada pela igreja nos últimos anos dizia numa estrofe o seguinte: “Eu nunca saberei o preço dos meus pecados lá na cruz”. De fato, entender como Deus pode perdoar todos os nossos pecados é algo extremamente difícil de entender, principalmente, quando tomamos por base as nossas próprias ações. E o mais importante é que, à luz de Romanos 5.8, Cristo morreu por nós sendo nós ainda pecadores, estando nós ainda no pecado e sem nenhuma disposição de mudança. Tudo foi pela sua graça! Deus é gracioso. Ele sempre foi gracioso.

                Ninive, a capital da Assíria, um império violento, cruel, dominador, grande inimigo do povo de Israel, estava agora convertida. Excetuando a pessoa de Jesus, os ninivitas passaram pelo mesmo processo de salvação que nós cristãos. Eles ouviram uma mensagem, eles se arrependeram de seus pecados e creram em Deus.

                Nosso texto então afirma que vendo Deus o que fizeram, e como se converteram do seu mau caminho, Deus desistiu de lhes destruir.

                O verso 10 fala que Deus se arrependeu. Samuel afirmou em 1 Sm 15.29 que 29 “Aquele que é a Glória de Israel não mente nem se arrepende, pois não é homem para se arrepender”. A ideia de arrependimento para nós traz sempre a conclusão de que erramos anteriormente. Mas a palavra usada aqui poderia ser traduzida por “compadece”. Neste caso, o verso ficaria. “E Deus se compadeceu, e o mal que tinha dito lhes faria, não o fez. Davi afirmou em Salmos 51.17 que Deus não despreza a um coração quebrantado e contrito. Desta forma, fica fácil pensar que a não destruição de Nínive não foi porque Deus se arrependeu, mas porque os ninivitas se arrependeram e creram nele. Eles haviam demonstrado isso com seu coração e suas ações. Deus viu suas obras. Externamente eles comprovavam a mudança do coração. Deus os perdoou. Jesus usou esta história dos ninivitas para envergonhar os judeus incrédulos em Mateus 12.38-41. O que comprova que a conversão deles foi verdadeira. Então Deus não mudou seu caráter, não há o que ser melhorado em Deus. Mas Nínive mudou. Deus mudou de atitude em relação a Nínive para ser coerente consigo mesmo. Ele é Deus gracioso e perdoador. O próprio Jonas vai registrar no capítulo 4.2 que sabia que isto aconteceria, porque Deus é piedoso, misericordioso, paciente, grande em benignidade e que se arrepende do mal, entenda mal nestas palavras como castigo que Deus impõe, como resultado do pecado humano.

                Não é à toa que Jonas foi o sinal dado por Deus para nos conduzir a Cristo, como Jesus afirmou nos Evangelhos. Assim como Nínive, você e eu nascemos pecadores. Mas em Cristo, Deus foi gracioso para conosco. Ele demonstrou seu grande amor por nós. Ele se compadeceu de nós. Merecíamos a destruição completa e o inferno ainda era pouco para nós. Mas a graça de Cristo nos alcançou. Assim como os ninivitas, também nos arrependemos e cremos em Cristo. E o mal prescrito por Deus para aquele que vive no pecado e não se arrepende não é mais imputado a nós. Por meio de Cristo, não existe condenação para nós. Por meio de Cristo, fomos livres da morte eterna, temos a garantia de vida eterna, de ter habitação no céu, e usufruir da presença de Cristo em nossas vidas.

                Queridos perdão é uma palavra importantíssima na vida. Perdão é a força que movimenta o nosso planeta. Se Deus não fosse perdoador, já teríamos sidos destruídos, apagados, condenados ao inferno eterno. Mas Deus é perdoador. Glória e honra sejam dadas a Ele. Há perdão à sua disposição todos os dias. Bastando para isso arrependimento e fé.

                Quando nos arrependemos e cremos, desfrutamos desse gracioso perdão. E, uma vez em Cristo, temos apenas uma missão. Amar aos outros com o mesmo amor com que fomos amados e também sermos perdoadores, assim como fomos perdoados.

DESAFIO DE HOJE: Ore ao Senhor e agradeça pelo seu perdão que foi colocado à sua disposição. Não importa o tamanho do pecado, todos foram pagos por Jesus na cruz. Fomos perdoados pelo seu imenso e perfeito amor. Se Deus lhe mostra algum pecado hoje, confesse-o, arrependa, e desfrute do perdão que está à sua disposição. Mas ore também, para que Deus, pela sua palavra e no poder de seu Espírito Santo, lhe convença a ser perdoador. Conversão dos pecados e perdão de Deus livrou uma cidade da destruição. Deus continua o mesmo. O perdão de Deus está à sua disposição. Arrependa-se e creia. Deus nos dê um dia feliz. Amém.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *