O que você está deixando para a nova geração?

Juízes 2.7,8 e 10

7 O povo prestou culto ao Senhor durante toda a vida de Josué e dos líderes que continuaram vivos depois de Josué e que tinham visto todos os grandes feitos que o Senhor realizara em favor de Israel.

8 Josué, filho de Num, servo do Senhor, morreu com a idade de cento e dez anos.

10 Depois que toda aquela geração foi reunida a seus antepassados, surgiu uma nova geração que não conhecia o Senhor e o que ele havia feito por Israel.

                Todos nós vivemos na busca de acumular bens que poderão ser usufruídos por nós mesmos, e que, quando morrermos, serão utilizados por nossos filhos. A maioria das pessoas está sempre preocupada em ter uma casa própria, um carro, alguma fonte de renda como uma previdência, por exemplo, enfim, sempre desejamos ter bens materiais que poderão garantir um futuro mais tranquilo para a nossa família, nos momentos de aperto financeiro ou quando nós partirmos, nossos familiares terão alguma segurança imediata. Assim, há aqueles que a vida lhes permitiu ganhar muito e fazer grande patrimônio, e que sonham que seus filhos continuarão o seu legado, administrando o que fora alcançado até o presente momento.

                Toda esta ação é fruto de um desejo sincero de dar segurança e proteção à família, às gerações vindouras. Os Pais querem sempre o melhor para seus filhos e netos, e para tanto, investem suas vidas nisto. Garantem aos filhos a melhor educação possível, quem sabe nas melhores escolas. Investem em cursos técnicos, em equipamentos e ferramentas que possam tornar esse filho capaz de enfrentar a vida. Se eles forem a faculdade, investem, dentro do possível nas melhores. Todo pai deseja filhos bem formados, plenamente capacitados para tocarem o barco da vida sozinhos no futuro, quando este pai não se fizer presente.

                Tudo isto é muito lindo. Mas agora, volte a atenção para o texto bíblico de hoje, veja o que ele diz: 7 O povo prestou culto ao Senhor durante toda a vida de Josué e dos líderes que continuaram vivos depois de Josué e que tinham visto todos os grandes feitos que o Senhor realizara em favor de Israel.8 Josué, filho de Num, servo do Senhor, morreu com a idade de cento e dez anos.10 Depois que toda aquela geração foi reunida a seus antepassados, surgiu uma nova geração que não conhecia o Senhor e o que ele havia feito por Israel.

            Se você prestou atenção no que foi lido, deve ter percebido duas questões. Um homem de Deus, Josué, líder de sua casa e de sua nação, conseguiu, durante sua vida, influenciar as pessoas a que cultuassem ao Senhor. Depois da morte de Josué com seus 110 anos, outros líderes ajudaram o povo de Israel a manterem sua atenção ao que era realmente importante, o culto ao Senhor. Mas no verso 10, vemos que o tempo passou e que depois que toda aquela geração morreu, surgiu uma nova geração que não conhecia o Senhor e o que ele havia feito por Israel. Ou seja, em algum momento da história, em algum momento da vida, os pais se dedicaram a deixar bens patrimoniais aos filhos, deram a eles formação secular a fim de que pudessem ter bons empregos ou boas empresas. Mas não lhes deram o principal, o conhecimento de Deus. E não demorou muito para que uma nova geração sequer soubesse de Deus e do que ele havia feito pelo seu povo.

            Tenho aprendido e tentado viver esta frase: Não deixe que o urgente tome o lugar do importante. Talvez o urgente seja trabalhar e ganhar muito dinheiro para dar segurança financeira à família. Mas e o importante? Onde fica Cristo na sua vida e na de sua família? O que você tem feito para que Cristo, que é o importante seja conhecido de seus familiares e seja tão real em suas vidas que nunca venha uma nova geração de nossas famílias que não o conheça nem ao que ele fez por nós.

            O que você tem deixado para sua família? Bens ou Cristo? Bens darão segurança financeira por algum tempo. Cristo lhes garantirá a segurança eterna! Como afirmou Paulo em Filipenses 1.21 “O viver é Cristo, e o morrer é lucro”. Não permita que durante sua vida, sua família fique sem conhecer a Jesus Cristo. Se há algo para você deixar para eles, é conhecer aquele que pode salvá-los e dar-lhes a vida eterna. Sem Cristo não somos nada, e sem Cristo o inferno se torna um destino real. Como Paulo dizia a Timóteo, o que vistes e aprendestes de mim, transmita-o a homens idôneos, para que transmitam a outros.

            Deus nos abençoe. Fale de Jesus. Deixe esse legado para sua família. Amém.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *