3 GARANTIAS DA PRESENÇA DO SUPREMO PASTOR

Salmo 23.4

“Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois tu, ó SENHOR Deus, estás comigo; tu me proteges e me diriges.”

Grande Ideia: O Deus pastor garante presença, proteção e direção.

INTRODUÇÃO: 

Uma das características da ovelha é que ela é um animal sem senso de direção. Por causa disso, esse animal sempre se metia em locais de risco, tendo por isso necessidade de um pastor que lhes chamasse ou tocasse nelas com a vara para que fossem pelo caminho seguro.

Ovelhas também são animais indefesos, sem meios de se defenderem de um animal feroz, por isso o pastor ficava em constante alerta para tentar de todas as formas afastar o perigo.

Com certeza Davi tinha esta situações em mente quando escreveu o Salmo 23. Em especial este versículo 4.

E neste verso, temos 3 garantias que a presença do Pastor traz às suas ovelhas:

  1. 1.A GARANTIA DA PRESENÇA.

“Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois tu, ó SENHOR Deus, estás comigo; tu me proteges e me diriges.”

Imagine a cena de uma ovelha andando pelos vales. Vale é diferente de montanha. Na montanha é possível ver seu destino, seu alvo. Mas para chegar ao destino é preciso descer a montanha e andar pelos vales. Os vales escondem os perigos, a vegetação alta, animais ferozes, buracos, despenhadeiros, riscos intensos. O pastor muitas vezes tinha que atravessar esses lugares para alcançar alimentação saudável para suas ovelhas tanto na ida quanto na volta.

Com esta cena em mente, Davi afirma que podia passar pela escuridão do vale, pelo risco da morte sem medo algum. E qual o motivo de tanta segurança? A presença de Deus, o supremo pastor.

Diferente de Davi, que havia sido pastor daqueles animais, Deus é onipresente. Ele pode estar onde quiser e pode atender suas ovelhas à qualquer momento, em qualquer lugar. O Deus-pastor supera a capacidade de qualquer pastor humano. Ele faz o que o pastor humano jamais sequer pensou se poderia ser feito.

A presença de Deus era suficiente para Davi crer que estava em segurança.

Irmãos, o vale sombrio, escuro e assustador como a morte, não trazia medo ao salmista. O vale das sombras e da morte não pode trazer medo ao seu coração.

Para nós, o vale representa as dificuldades que a vida nos traz. As lutas, as perdas, o sofrimento. Mas, o salmo 23.4, nos ensina que não precisamos, não devemos ter medo. Ainda hoje, temos a garantia da presença de Deus em nossas vidas. O que Davi entendeu como uma promessa para ele, nos recebemos a mesma promessa no Novo Testamento. Jesus afirmou várias vezes que estaria presente conosco por meio do seu Espírito Santo.

Em Mateus 28.20 ele disse: “Ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém”. Aqui ele promete sua presença até o dia que estivermos eternamente com ele no céu. Em Mateus 18.20 Jesus prometeu sua presença em qualquer de nossas reuniões, afirmando “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles”.

Em João 14.16 e 17, Jesus afirmou sua presença eterna, quando nos falou sobre o Espírito Santo. “16 E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre. 17 O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece: mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós”.

Jesus está presente. Essa garantia do Salmo 23 se repete também em nossas vidas. Por isso Jesus afirmou que ele era o bom pastor.

  1. 2.A GARANTIA DA PROTEÇÃO

“Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois tu, ó SENHOR Deus, estás comigo; (tua vara) tu me proteges e me diriges.”

Davi continua em suas palavras afirmando que o Deus Pastor está sempre presente. Mas não é a presença de um Deus qualquer. É a presença de um Deus todo-poderoso, capaz de destruir e lutar contra todo possível inimigo. Assim como um pastor defenderia suas ovelhas dos predadores, Davi acredita que o Deus-pastor é presente e garante a proteção necessária contra os inimigos da ovelha.

Quando fala da vara, Davi se lembra que com este instrumento, ele defendeu as ovelhas de sua família contra animais ferozes. A vara era uma arma poderosa para o pastor afugentar os inimigos das ovelhas. Essa vara era uma prova de que o pastor protegeria seu rebanho a qualquer custo. Mas às vezes, a vara era usada para orientar o rebanho. Fustigando a ovelha com a vara, o pastor a ajudaria a sair de situações complicadas e perigosas, fazendo-a voltar para o caminho mais seguro.

A proteção que Jesus, nosso bom pastor nos dá, é a mesma garantia que temos no salmo 23.4.

Pedro escreveu em sua carta que não precisamos nem mesmo ficar ansiosos de coisa alguma. Veja o que ele disse em 1 Pedro 5.7 “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”.

Que maravilhoso é saber que nosso Deus cuida da gente. Nada nem ninguém pode contra ele. E é Ele quem nos protege. Paulo entendeu isso muito bem quando afirmou em Romanos 8.31 da seguinte maneira: “Que diremos pois a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

É bom lembrar que a nossa proteção é o Senhor. Não somos nós que nos tornamos fortes ou que nos tornamos poderosos. É o Senhor Jesus que tem todo poder no céu e na terra, e ele habitando o nosso coração, nos garante sua proteção.

Eu continuo como sou, mas tenho o Senhor comigo e ele me garante a proteção. A imagem correta é a do Salmo 34:7 que afirma que: “O anjo do SENHOR acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra”.

A proteção é uma garantia para aqueles que amam a Jesus. Aqueles que confessam seus pecados, se arrependem, que obedecem aos seus mandamentos. Esses são os protegidos pelo senhor. E como é bom contar com sua proteção. O maligno não nos toca, disse 1 João 5.18.

Você está desfrutando dessa proteção em Cristo?

  1. 3.A GARANTIA DA DIREÇÃO

“Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois tu, ó SENHOR Deus, estás comigo; (tua vara) tu me proteges (e o teu cajado) e me diriges.”

Uma garantia maravilhosa é saber que temos um lugar seguro para ir ao final de tudo. A ovelha tinha o aprisco seguro para onde voltar depois de um dia em busca do alimento, da água, e mesmo depois do vale sombrio.

Saber por onde andar era fundamental para a preservação da vida da ovelha. Ela precisava da direção do seu pastor. Este ia à frente. Seu cajado, geralmente, maior que o pastor e também pesado, tinha uma curva em uma das pontas, uma espécie de gancho. Com ela, o pastor conseguiria resgatar a ovelha que caísse em algum buraco, que se prendesse em algum lugar de difícil acesso, ou que se molhasse e precisasse ser puxada de volta ao caminho.  A função do pastor era sempre definir o caminho mais seguro para se chegar ao destino final, ao aprisco seguro.

O pastor então, na sua luta para garantir que as ovelhas o seguissem, por vezes lhes chamavam pelo nome, mas na maioria das vezes, batia o cajado no chão enquanto caminhava e ia à frente da ovelhas. Estas observavam o pastor na frente e ouvindo o som do cajado, seguiam obedientemente sua direção proposta.

Davi entendia que as ovelhas se sentiam seguras com o Pastor, pois ele sempre as levava pelo caminho correto e seguro e para o destino almejado.

Deus continua provendo direção certa para cada um de nós ainda hoje. O Salmo 119.105 nos ensina que o nosso caminho fica mais seguro, iluminado, fácil de trilhar, quando damos valor à palavra de Deus.

Jesus afirmou que a direção segura para nós hoje é segui-lo, é ser semelhante a ele. Em João 14.6 ele afirmou que ele mesmo era o caminho que nós devemos seguir. Não há outro caminho. O destino seguro só é alcançado se ouvirmos a voz de Cristo, por meio da Bíblia e formos obedientes, sendo parecidos com ele em todas as áreas de nossa vida.

Nosso cajado hoje é a Palavra de Deus, a Bíblia. É ela que marca a direção para seguirmos. É por ela que nos guiaremos. É pela obediência a ela que encontraremos o destino final, o céu.

Assim, o salmo 23.4 nos serve para lembrar que Cristo, nosso supremo pastor, também nos garante um destino maravilhoso, seguro, a presença eterna com ele no céu, para todo aquele que nele crê e que o ama obedecendo aos seus mandamentos.

CONCLUSÃO:

Quão rico é o Salmo 23.4. Ele nos ensina que o Deus pastor nos dá 3 garantias importantíssimas para nossa vida ainda hoje. Temos em Cristo a garantia da presença, da proteção e da direção para toda vida.

Se você já tem Cristo, louve ao Senhor por estas bênçãos. Se não tem, arrependa-se dos seus pecados, e entregue sua vida a Jesus Cristo, crendo nele como Senhor e Salvador de sua vida.

Desfrute da sua presença, da sua proteção e da sua direção segura. Amém.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *